procuramos
perguntas:

pt en
Menu

Biobanco

O Biobanco-IMM enquadra-se nas atividades do Centro Académico de Medicina de Lisboa (CAML), que congrega no mesmo campus um Instituto de investigação (Instituto de Medicina Molecular - iMM Lisboa), uma escola médica (Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa - FMUL) e um hospital universitário (Centro Hospitalar Lisboa Norte - CHLN, Hospital de Santa Maria – HSM).

Os Biobancos são instrumentos estratégicos para o desenvolvimento da medicina e da investigação translacional. O Biobanco-IMM congrega amostras biológicas (provenientes de biopsias, cirurgias, colheitas de sangue, etc) que são doadas voluntariamente com autorização para preservação e uso futuro em investigação biomédica. Todas as amostras são acompanhadas de informação clínica, um factor crucial para a investigação posterior. O Biobanco-IMM tem aprovação da Comissão de Ética institucional e autorização da Comissão Nacional de Protecção de Dados. Esta estrutura permite o estudo da patogénese de várias doenças com enorme impacto sobre a saúde humana (como as doenças neurológicas, oncológicas e reumáticas), abrindo as portas para a identificação de novos testes de diagnóstico, de prognóstico e novos alvos terapêuticos.

O Biobanco-IMM constituirá um contributo para a promoção da saúde e do bem-estar da sociedade e terá também o potencial de actuar como catalisador de novas oportunidades de cooperação nacional e internacional entre investigadores, instituições promotoras da investigação e indústria farmacêutica.

Equipa

Joana Caetano Lopes, PhD - Gestão de projectos (jrlopes@fm.ul.pt)
Acompanha os projetos do Biobanco-IMM e aconselha sobre a colheita e qualidade das amostras.

Ângela Afonso, MSc - Responsável técnico (angelaafonso@fm.ul.pt)
Preparação, armazenamento, controlo de qualidade das amostras e gestão da base de dados.

Ricardo Pires, BSc - Consultor para a área de tumores (rpires@fm.ul.pt)
Elemento de ligação entre o Biobanco-IMM e a rede nacional de bancos de tumores. Participa e aconselha sobre o processamento técnico das amostras de tumores.

Equipa técnica - Ana Sofia Zhao, MSc (anazhao@fm.ul.pt), Telmo Catarino MSc

Comissão Científica - toma decisões relativamente à política de utilização das amostras.
João Eurico da Fonseca, MD; Cristina Ferreira MD; Alexandre Mendonça, MD; Dulce Brito, MD; PhD; Joana Caetano-Lopes, PhD; Joaquim Ferreira, MD, PhD; Luís Costa, MD, PhD; Ruth Geraldes, MD; Sandra Casimiro, PhD; Sofia Oliveira, PhD

Comissão Técnica - assegura a excelência do funcionamento estrutural do Biobanco-IMM.
Alexandra Maralhas, BSc; Filipa Nunes, PhD; Margarida Gago, BSc; Teresa Ferreira; José Braga, PhD.

Serviços

O Biobanco-IMM é um serviço prestado pelo iMM Lisboa à comunidade científica e encontra-se disponível para:

  • Colheita/recolha, processamento e armazenamento de amostras biológicas de dadores, juntamente com informação clínica relevante;
  • Armazenamento de amostras;
  • Extração de ácidos nucleicos a partir tecidos, sangue e outros fluidos biológicos, e avaliação da qualidade do material biológico;
  • Cultura de células de tecidos humanos;
  • Gestão de dados e apoio geral a projectos de investigação.

Ligação à rede Europeia de Biobancos (BBMRI)

O Biobanco-IMM faz parte da Rede Europeia de Biobancos. Para ver as colecções disponíveis neste momento no Biobanco-IMM e noutros biobancos europeus, consulte:

Rede Europeia de Biobancos

Os dados de login são
Username: guest
Password: catalogue

Como aceder ao serviço

Poderá saber mais acerca de nós em www.biobanco.pt
Todas as questões devem ser colocadas através do email: immbiobanco@fm.ul.pt

Para mais informações acerca do Biobanco-IMM consultar os documento disponibilizados.

Consentimento Informado
Princípios de funcionamento do Biobanco

Relatórios de actividade

Relatório 2015

Este site usa cookies. Algumas cookies são essenciais para a correcta operação do mesmo e já foram configuradas.
Pode bloquear e apagar as cookies deste site, mas algumas partes poderão não funcionar correctamente.