Este site utiliza cookies. Ao utilizar este site está a consentir a sua utilização de acordo com a nossa Política de Cookies.

concordo
voltar

A ideia da campanha de angariação de fundos é apoiar o desenvolvimento de projetos de investigação laboratorial que tentem perceber melhor as características genéticas e moleculares dos tumores cerebrais, com o objetivo de contribuir para o refinamento dos tratamentos atuais. Os tratamentos oncológicos de tumores cerebrais são delineados de acordo com o tipo de tumor de cada paciente. No entanto, tumores aparentemente iguais (do mesmo tipo) podem ter características moleculares e genéticas diferentes, originando diferente resposta dos doentes ao tratamento. É esta necessária investigação biomédica - que permita melhor caracterizar os tumores – que Adelaide Passos pretende apoiar.

Saiba mais aqui.

O céu pode esperar

Adelaide Passos, avó de um menino a quem foi diagnosticado um tumor cerebral, decidiu iniciar uma campanha de angariação de fundos para a investigação em tumores cerebrais, nomeadamente para a criação de um centro de investigação desta doença no Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes.

A partir da sua própria contribuição com os direitos de autor do livro "O céu pode esperar" – onde revela a sua experiência com a doença de um dos seus netos - Adelaide Passos quer dar o exemplo e mostrar a outros pais, avós e familiares que podem fazer a diferença para o combate aos tumores contribuindo financeiramente para a investigação biomédica.

Kaya Africa

Kaya África, um relato precioso e documental com base nas recordações vívidas e detalhadas da autora que nasceu e viveu em Moçambique. Parte dos direitos de autor desta edição reverte para o trabalho de investigação “Identificação de Marcadores Genéticos nos Tumores Cerebrais Pediátricos" do Centro de Investigação de Tumores Cerebrais do Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes (iMM). Os donativos para este projeto serão muito importantes quer para efetuar estudos genéticos nas amostras tumorais dos doentes, quer para realizar testes laboratoriais com os quais se poderão identificar novos fármacos mais eficazes e com menor toxicidade.

Donativos

NIB: 0018 0003 28001360020 56, Banco Santander Totta

Contacto: imm-communication@medicina.ulisboa.pt